Arquivo da categoria: Fotografia

A visita de Lula

Lula e funcionários da Barra Bioenergia, na Cosan. Foto: Lucas Scaliza

O presidente Lula visitou Barra Bonita – ou, mais precisamente, a usina do Grupo Cosan S/A que fica no município – no dia 27 de setembro. Acompanhado do senador Eduardo Suplicy, do presidente da Unica (sindicato patronal das usinas) Marcos Jank e do presidente do conselho administrativo da Cosan Rubens Ometto Silveira Mello, entre outras autoridades políticas e empresariais. Na pauta do dia estava a inauguração simultânea de oito usinas termoelétricas de biomassa que utilizam o bagaço da cana-de-açúcar para gerar energia limpa e renovável.

É claro que uma presença dessas atraiu a imprensa da região e até da capital paulista. Nas fotos que fiz durante a visita, retrato o presidente Lula conhecendo a Barra Bioenergia (termoelétrica de biomassa da Cosan) e o trabalho de fotógrafos, jornalistas e cinegrafistas, sempre mantidos à uma “distância segura” da comitiva presidencial.

Neste dia, antes de eu ir até a Cosan cobrir um evento, uma colega de trabalho me entregou duas cartinhas coloridas (lacradas com adesivos em forma de coração) escritas por suas filhas para o presidente. Fiquei, assim, encarregado de entregar a delicada correspondência. Achei que as cartas teriam que ser entregues para algum assessor de Lula, já que era quase impossível chegar muito perto dele. Mas, durante sua sessão de fotos e abraços com a população no final do evento, Lula me ouviu gritar “Presidente, duas cartinhas de duas crianças da cidade!” e pude entregá-las pessoalmente na mão dele. De quebra, ganhei um aperto de mão do presidente.

Foto: Lucas Scaliza

Foto: Lucas Scaliza

Lula, Marcos Jank e Rubens Ometto. Foto: Lucas Scaliza

Para ser fotografados por Ricardo Stuckert, fotógrafo oficial de Lula. Foto: Lucas Scaliza

Foto: Lucas Scaliza

A imprensa. Foto: Lucas Scaliza

Gilmar, assessor do presidente, coordena os jornalistas. Foto: Lucas Scaliza

Stuckert dirige a cena. Foto: Lucas Scaliza
Foto: Lucas Scaliza

Foto: Lucas Scaliza

Foto: Lucas Scaliza

Foto: Lucas Scaliza

No meio do povo. Foto: Lucas Scaliza
Os fotojornalistas e cinegrafistas. Foto: Gilmar

Eu, durante o trabalho. Foto: Angela Rodrigues
Anúncios

Agadez

Caminhã carregado de suprimentos, mercadorias e pessoas cruza o deserto em direção a Agadez. Foto de Shepherd

No meio do Sahara há um oásis, belo e em conflito

No norte da África, ao norte da Nigéria, no meio do Sahara fica uma cidade chamada Agadez (ou Agades), capital da província de Air. Em 2005, Agadez tinha 88.569 pessoas vivendo em seu oásis. É a cidade do povo africano conhecido como Tuaregs que, na tradução do idioma local, signifca “esquecidos por Deus”.

Foi fundada no século XIV como parte de uma importante rota comercial no deserto do Sahara. Em 1900 foi tomada pelos franceses e foi palco de duas Revoltas Tuaregs (a primeira nos anos 90 e a segunda permanece sem conclusão).

Atualmente o lugar é um centro comercial e uma área de onde se extrai urânio. Seu comércio de camelos, prata e couro é bastante conhecido dos visitantes. Entretanto, desde 2007, quando um novo surto de violência estourou na região, muitos países e agências (como os Estados Unidos e as linhas aéreas européias) deixaram de incluir a cidade centenária em suas rotas turísticas, o que destruiu a indústria do turismo que surgia ali.

Acredita-se que estradas indo e saindo de Agadez estejam repletas de minas terrestres. Além disso, o governo nigeriano vedou a entrada de jornalistas internacionais e organizações humanitárias na área.

Neste ensaio fotográfico totalmente dedicado a região de Agadez, foram reunidas 10 fotografias de sete fotografos com estilos diferentes e de diferentes  nacionalidades. São eles AlexM., archetypes, Alfio Cioffi, Nisa Maier, Shepherd, Swiatoslaw Wojtkowiak e Vicente Méndez.

Mulher Tuareg em Agadez. Foto de Swiatoslaw Wojtkowiak

 

Foto de Swiatoslaw Wojtkowiak

 

População da cidade. Foto de archetypes